Mais de três milhões e meio de passageiros sofreram atrasos nos aeroportos portugueses este verão

 

AirHelp, a organização mundial de defesa dos passageiros aéreos, analisou os voos de verão em Portugal e concluiu que apenas 62% partiram a horas, com mais de 3,5 milhões de passageiros a sofrerem perturbações. Embora tenha havido mais passageiros em 2023 do que em 2022 e 2019, a taxa de perturbações manteve-se elevada, com 38%.

Por outro lado, a Eurowings foi a companhia aérea mais pontual, seguida da Jet2.com e da Iberia, enquanto a TAP Portugal teve 42% de voos interrompidos.

A organização partilhou ainda que o Aeroporto Francisco Sá Carneiro (Porto) teve os melhores resultados, com apenas 27% de voos interrompidos.

Leia o comunicado de imprensa aqui.

We use cookies

Usamos cookies en nuestro sitio web. Algunas de ellas son esenciales para el funcionamiento del sitio, mientras que otras nos ayudan a mejorar el sitio web y también la experiencia del usuario (cookies de rastreo). Puedes decidir por ti mismo si quieres permitir el uso de las cookies. Ten en cuenta que si las rechazas, puede que no puedas usar todas las funcionalidades del sitio web.